Institucional

Os Missionários Claretianos, que dirigem o Colégio São José (fundado em 1905) e o Centro Universitário Claretiano em Batatais, criaram, em 1996, a Fundação Claret, com objetivo de ampliar os trabalhos de evangelização, educacionais e culturais na cidade.

Em 2.004, a Fundação Claret recebeu do Ministério das Comunicações sua primeira concessão, uma rádio FM, inaugurada em 15 de julho daquele ano. A Claretiana FM 105.7 MHz, funcionando nas mesmas dependências, serve-se do conhecimento e da cultura fomentados nessas tradicionais instituições de ensino para levar aos seus ouvintes uma programação diferenciada com:

Entretenimento de qualidade, com uma rigorosa seleção musical;

Jornalismo isento, ético, voltado à utilidade pública e a prestação de serviço;

Programas educativo-culturais com objetivo de difundir conhecimentos que melhoram a qualidade de vida da população.

O site da Claretiana FM (www.claretianafm.com.br) oferece a possibilidade de ouvir a programação ao vivo ou por demanda pelo sistema de podcast. Por esse sistema é possível ouvir as principais atrações da emissora desde 2.007, formando uma "audioteca" de conteúdos educativos e culturais. Esse conteúdo também está disponível para acesso por celulares de terceira geração (3G).

A importância social da Claretiana FM de Batatais foi reconhecida pelos poderes Executivo e Legislativo que declararam de Utilidade Pública Municipal a Fundação Claret, por meio da Lei nº 3.029, de 24 de julho de 2.009. Projetos semelhantes tramitam em âmbito estadual e nacional.

Entre os projetos futuros, está o que prevê o aumento da potência da emissora para que o sinal possa abranger aproximadamente 200 cidades nos Estados de São Paulo e Minas Gerais.